A EXPRESSIVIDADE DA DANÇA CIRCULAR BUSCA HOSPITALIDADE, ACOLHIMENTO E AMOROSIDADE NAS RELAÇÕES

Newton Ávila, Maria Luiza Cardinale Baptista

Resumo


Esta pesquisa propõe a dança circular, como expressão de vínculos de acolhimento e amorosidade, em condições de oferecer sinalizadores para a hospitalidade. Tem como objetivos específicos: apresentar a dança circular num contexto relacional entre os sujeitos; relacionar os conceitos de acolhimento e amorosidade à dança circular; identificar sinalizadores de hospitalidade, nos vínculos marcados pelo acolhimento e amorosidade, em decorrência da dança circular. A Cartografia de Saberes, proposta por Baptista, é a orientação metodológica para a produção deste estudo, com realização das trilhas de saberes pessoais, saberes teóricos e a usina de produção. Foram realizadas aproximações investigativas, com levantamento bibliográfico, desenvolvimento de intervenções de dança em diversos ambientes e observação do corpo participante. Nas ações práticas, observação direta, observação participante, rodas de conversa, relatos de vivências e experimentação com desenvolvimento da dança circular. Os resultados indicaram que o desenvolvimento da dança circular, proporcionou, aos sujeitos participantes, sensação de bem-estar, laços de proximidade, acolhimento e amorosidade. Concluiu-se que a dança circular é uma forma de integrar o corpo e sua expressividade, em situação de comunicação e expressão. É capaz de acionar o pensamento e explorar a criatividade, estabelecendo troca com o ‘outro’. Proporciona sensação de pertencimento e provoca soltura nos corpos, relaxamento e relação-convívio.


Palavras-chave


Hospitalidade; Dança circular; Acolhimento; Amorosidade.

Texto completo:

PDF HTML


DOI: https://doi.org/10.21714/2179-9164.2018v15n1.801

 Indexadores

 

REVISTA HOSPITALIDADE ISSN 1807-975X    e-ISSN 2179-9164

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia