ATRIBUTOS PESSOAIS DA CULTURA DA HOSPITALIDADE: APLICAÇÃO AOS ESTUDANTES DE ENSINO SUPERIOR EM PORTUGAL

Adriana Lopes Fernandes, Drielle de Santana Fonseca, Lílian Ponzo Ribeiro

Resumo


Esta pesquisa teve como objetivo compreender se a formação oferecida pelas instituições de ensino superior portuguesas, voltadas para a hospitalidade e gestão hoteleira, é capaz de desenvolver nos estudantes os atributos pessoais necessários e desejados aos profissionais da indústria da hotelaria. Relativamente à metodologia, foi realizado um survey com estudantes de gestão hoteleira ou equivalente. O instrumento utilizado na coleta dos dados foi devidamente traduzido e adaptado do inglês para a língua portuguesa e distribuído online por meio da plataforma Limesurvey. A amostra foi composta de 112 estudantes de graduação e mestrado. Os dados foram classificados e analisados utilizando-se o software IBM SPSS Statistics. Os resultados apontam que embora haja preocupação das instituições portuguesas na formação técnica, o escore dos estudantes foi um pouco abaixo do esperado para profissionais dessa indústria. Concluiu-se que as instituições de ensino portuguesas, principalmente ao nível da graduação, precisam criar estratégias capazes de desenvolver  nos estudantes atributos necessários ao trabalho nessa indústria, de forma a evitar um problema já nela existente, que é a alta rotatividade.

 


Palavras-chave


Hospitalidade; Indústria Hoteleira; Atributos Pessoais; Cultura Organizacional.

Texto completo:

PDF HTML


DOI: https://doi.org/10.21714/2179-9164.2018v15n1.802

 Diretórios e Indexadores

 

REVISTA HOSPITALIDADE ISSN 1807-975X    e-ISSN 2179-9164

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia