Realidade Assombrada: Aplicativos de Realidade Aumentada e o Dark Tourism

Laura Loguercio Cánepa, Genio De Paula Nascimento, Davi Mello, Carolina Lima

Resumo


Neste trabalho, busca-se refletir sobre o uso de aplicativos de realidade aumentada para promoção e intensificação de experiências ligadas ao chamado dark tourism ou thanatourism – modalidade de turismo cultural ligada ao interesse por locais situações marcadas pela morte ou por grandes tragédias. Quer-se sugerir que esses aplicativos podem não apenas coadjuvar atividades de turismo cultural, como também articular-se a uma gama de produtos audiovisuais ligados a experiências recorrentes no âmbito da cultura e do entretenimento desde o século XVIII.


Palavras-chave


1. Turismo cultural. 2. Dark Tourism. 3. Fantasmagoria. 4. Realidade aumentada.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.21714/1807-975X.2016v13nEp0117

 Diretórios e Indexadores

 

REVISTA HOSPITALIDADE ISSN 1807-975X    e-ISSN 2179-9164

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia