A RESSEGMENTAÇÃO NOS DESTINOS TURÍSTICOS DE COMPRAS: PROPOSTAS DO SETOR HOTELEIRO DE JAGUARÃO-RS, BRASIL

Adalberto SANTOS JÚNIOR, Ana Maria Milheira CARDOSO, Letícia Garcia FERRAZ, Adriana Fumi CHIM-MIKI

Resumo


O artigo apresenta resultados de pesquisa cujo objetivo foi verificar a visão dos gestores de meios de hospedagem de Jaguarão – RS – sobre as possibilidades de ressegmentação turística. Esta localidade é altamente dependente do turismo de compras em área de fronteira. Assim, os atrativos turísticos são os Free Shops localizados no país vizinho, Uruguai, porém a oferta de estabelecimentos de hospedagem é mais estruturada no lado brasileiro, gerando uma demanda para as empresa deste setor. Dada a conjuntura econômica, a qual desfavorece as compras na fronteira, este estudo  buscou verificar as possíveis modalidades de turismo para manter o fluxo turístico do destino. Os resultados indicam que a visão do empresário coincide com os recursos naturais e culturais para uma ressegmentação. No entanto, também indicam que a cidade possui alguns problemas comuns em áreas de fronteiras sul americanas que devem ser gerenciados através de um planejamento participativo e de investimentos públicos.


Palavras-chave


Turismo de fronteira; Meios de hospedagem; Turismo de compras; Ressegmentação turística.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.21714/2179-9164.2017v14n1.758

 Diretórios e Indexadores

 

REVISTA HOSPITALIDADE ISSN 1807-975X    e-ISSN 2179-9164

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia