Sacerdotisas do Divino e Sujeito-Trama do Turismo: A Festa do Divino Espírito Santo, Alcântara, MA

Cristiane Mesquita Gosmes, Maria Luiza Cardinale Baptista

Resumo


O presente texto apresenta reflexões sobre a trama subjetiva envolvida no evento Festa doDivino Espírito Santo, que ocorre anualmente no Estado do Maranhão3. O artigo segue a orientaçãoda cartografia dos saberes, com informações resultantes da linha cartográfica saberes pessoais,associadas aos saberes teóricos, numa perspectiva transdisciplinar. O Estado do Maranhão é umexpoente no campo do turismo nacional, contando com patrimônio material e imaterial consolidado,como atrativo turístico. Em termos de legado cultural, apresenta resquícios de um passado imperialque perfila a cidade histórica de Alcântara. A Festa do Divino Espírito Santo dos alcantarenses tem,nas caixeiras, o elemento constituidor, com significativa diferença em relação às demais caixeiras doEstado. Tais reflexões emergem de pesquisa mais em fase inicial em nível de Doutorado em Turismoe Hospitalidade, na Universidade de Caxias do Sul, bem como decorre de produções investigativasanteriores, envolvendo a festividade. É uma produção vinculada ao Amorcomtur! Grupo de Estudosem Comunicação, Turismo e Autopoiese (UCS/CNPq).

Palavras-chave


Turismo; Sujeito-trama; Festa do Divino Espírito Santo; Caixeiras; Alcântara, MA;

Texto completo:

PDF


 Diretórios e Indexadores

 

REVISTA HOSPITALIDADE ISSN 1807-975X    e-ISSN 2179-9164

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia