Turismo e Hospitalidade: um estudo sobre o atendimento ao turista deficiente e com mobilidade reduzida em hotéis de Santa Maria/RS, Brasil

Letícia Indart Franzen, Tatiane Brum de Oliveira Reis

Resumo


O presente artigo tem  por objetivo analisar a adequação de empreendimentos hoteleiros de Santa Maria/RS, aos procedimentos e normas de acessibilidade ,estabelecidos por lei, para o atendimento de turistas deficiente e com mobilidade reduzida. Para tanto, foi realizada uma pesquisa bibliográfica e documental, onde foram identificados os procedimentos e os equipamentos infraestruturais obrigatórios ou mais indicados por leis para bem atender este público em estabelecimentos hoteleiros. Tais informações subsidiaram a formatação de um roteiro de entrevista e um roteiro de análise utilizados na entrevista com os gestores e análise da infraestrutura dos hotéis, respectivamente. A partir das informações levantadas, identificam-se algumas inadequações ao atendimento deste público-alvo, destacam-se: a inexistência de pisos táteis direcionais, de profissionais intérpretes da Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS), de telefones adaptados para deficientes auditivos e de cardápios em braile, inexistindo inclusive nas Unidades Habitacionais adaptadas. Observou-se que os hotéis têm a intenção de moldar-se para atender às necessidades destes clientes. Dessa forma, a partir de uma reflexão acerca dos temas turismo, hospitalidade, acessibilidade, e frente aos resultados obtidos na pesquisa, apresenta-se neste estudo algumas sugestões de intervenção a fim de qualificar os serviços prestados a esse público, contribuindo assim para prática de uma hospitalidade comercial humanizada.


Palavras-chave


Turismo; Hospitalidade; Acessibilidade; Santa Maria/RS.

Texto completo:

PDF


 Diretórios e Indexadores

 

REVISTA HOSPITALIDADE ISSN 1807-975X    e-ISSN 2179-9164

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia