Hospitalidade virtual: uma tentativa de compreensão

Cláudia Mesquita Pinto Soares

Resumo


A busca pela compreensão da hospitalidade virtual e da possibilidade em torná-la atributo dos serviços via web foi o desafio desse documento e o questionamento pelo qual se norteou. A procura por definições mais precisas de como é possível formular espaços virtuais hospitaleiros, o que exatamente se considera e os indicadores que o levam a essa condição foram delineadas a partir dos estudos que envolvem outros campos do saber como o do design de interação e o ferramental dos processos de avaliação dos sites como ambientes acolhedores e preocupados com a experiência do cliente(usuário). O texto é norteado pelo questionamento da possibilidade em conceber a hospitalidade e transformá-la em condição exequível e mensurável, mesmo considerando a incondicionalidade dessa ação quando associada a serviços. A condução alcançou duas categorias de análise e alguns indicadores iniciais que permitem tratar desde a construção até a avaliação da hospitalidade como competência subjetiva e adjetiva no espaço virtual, notadamente os sites, ambiente escolhido para essa primeira construção.

Palavras chaves: Hospitalidade virtual, design de serviços, sites, experiência.


Palavras-chave


Hospitalidade virtual, design de serviços, sites, experiência.

Texto completo:

PDF


 Diretórios e Indexadores

 

REVISTA HOSPITALIDADE ISSN 1807-975X    e-ISSN 2179-9164

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia