O ensino da pesquisa científica em cursos superiores de Tecnologia em Gastronomia

Bruna Castro Mendes, Pedro Bordini Faleiros

Resumo


O ensinouniversitário brasileiro passou por intensas transformações nas últimas décadasem função da necessidade de uma mão-de-obra especializada em determinadasáreas, oportunizando melhoria de vida para as diversas camadas da sociedade.Para atender essa demanda surgiram os cursos superiores de Tecnologia. Opresente artigo concentrou-se nos cursos de Gastronomia, pertencente ao eixo dehospitalidade e lazer. Utilizando-se de uma pesquisa dedutiva, delimitou-se aanálise aos cursos do Estado de São Paulo, identificados a partir de umarevista comercial e pelo site do E-MEC para que se pudesse identificar o ensinodo “pensar científico” e formação de um “ser crítico e reflexivo”, expectativasatreladas ao ensino superior. Realizou-se uma análise da descrição dos cursos(pelos sites institucionais), assim como avaliação das grades curriculares doscursos elencados. A partir desses dados, pode-se verificar o mínimodirecionamento a construção de um pensar crítico da área, assim como o pesquisar,apesar de muitos cursos exigirem um trabalho de conclusão de curso. A partirdisso pressupõe-se que ocorrerá a formação de um “ser mecanizado” e nãoreflexivo e questionador.

Palavras-chave


Ensino Tecnológico; Gastronomia; Pesquisa Científica.

Texto completo:

PDF


 Diretórios e Indexadores

 

REVISTA HOSPITALIDADE ISSN 1807-975X    e-ISSN 2179-9164

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia