A IDEOLOGIA DO TURISMO E O DISCURSO MIDIÁTICO

Joelma Abrantes Guedes, Paula Dutra Leão de Menezes

Resumo


A sociedade atual caracteriza-se pelo consumo excessivo que absorve produtos, serviços e mensagens numa velocidade alucinante através da mídia. A ideologia, reflexo das relações sociais existentes, é determinada pela classe dominante. A mídia das empresas de turismo e governamental, que representam a classe dominante, reproduz os discursos desses atores, persuadindo pessoas ou grupos de pessoas a viajar em busca da satisfação de necessidades criadas nesses discursos midiáticos. Este ensaio busca discutir de que maneira o discurso midiático contribui para a construção da imagem da atividade turística por meio da formação e divulgação de ideologias. Ao final, conclui-se que a ideologia do turismo se organiza por meio da mídia que é o instrumento que permite da melhor forma possível que imagens e discursos sejam construídos e disseminados persuadindo pessoas ou grupos de pessoas e, nesse sentido, o discurso ideológico do turismo na mídia ganha cada dia mais espaço, especialmente no setor governamental, lançando novos destinos e reproduzindo a ideologia das classes dominantes, manipulando os fetiches e imaginários das classes dominadas e influenciando em suas escolhas relativas ao que consumirão em seu tempo livre, seus desejos e necessidades.


Palavras-chave


Ideologia; Mídia; Turismo

Texto completo:

PDF


 Diretórios e Indexadores

 

REVISTA HOSPITALIDADE ISSN 1807-975X    e-ISSN 2179-9164

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia