Turismo, Educação Patrimonial e Extensão Universitária: Reflexões a partir do Programa de Extensão “O Turismo no Museu” da Universidade Federal de Juiz de Fora

Monalisa Barbosa Alves, Inacio Botto, Priscila Reis Vieira

Resumo


O objetivo deste trabalho é apresentar uma reflexão sobre Turismo, Educação Patrimonial e Extensão Universitária com ênfase no programa de extensão “O Turismo no Museu”, da Universidade Federal de Juiz de Fora, que teve como objetivo conceber e fortalecer ações de educação patrimonial, assim como de arte, memória, ecologia e lazer, no Museu Mariano Procópio, Juiz de Fora, Minas Gerais. A educação patrimonial, enquanto prática pedagógica pode ser considerada uma ferramenta importante na construção da cidadania, utilizando o patrimônio cultural como fonte primária do conhecimento, fortalecendo questões como identidade, democracia, cidadania e sustentabilidade. A metodologia utilizada foi a abordagem qualitativa através de estudo de caso; pesquisa bibliográfica e documental; e, entrevistas. É possível afirmar que o programa favoreceu a formação ético-política de seus membros e do público alvo, sendo capaz de dinamizar ações que valorizem o patrimônio cultural e natural do município de Juiz de Fora, assim como, fomentando a articulação entre ensino, pesquisa e extensão, viabilizando a relação transformadora entre universidade e sociedade.


Palavras-chave


Turismo; Educação Patrimonial; Extensão Universitária; Universidade Federal de Juiz de Fora; Museu Mariano Procopio

Texto completo:

PDF


 Diretórios e Indexadores

 

REVISTA HOSPITALIDADE ISSN 1807-975X    e-ISSN 2179-9164

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia