A produção científica sobre mulheres viajantes: uma análise dos periódicos brasileiros de turismo

Priscilla Teixeira da Silva, Natália Araújo de Oliveira, Ketrin Cristina Gabriel, Helena de Jesus Almeida

Resumo


Este estudo tem por objetivo sistematizar o conhecimento científico produzido em periódicos brasileiros com Qualis A1 a B3 da área do Turismo sobre mulheres, com ênfase, em particular, em mulheres viajantes. A metodologia utilizada caracteriza-se como descritiva e bibliográfica. Primeiramente, a partir de uma consulta realizada na plataforma Sucupira da Capes, foram levantados 12 periódicos brasileiros com Qualis A1 a B3, na área de Administração de Empresas, Ciências Contábeis e Turismo que contivessem a palavra “turismo” ou “hospitalidade” em seu título. Em seguida, foi realizada uma busca nas edições disponíveis nos endereços eletrônicos dos 12 periódicos. No total foram consultados 4.385 artigos, publicados entre os anos de 1990 e 2020, entre os quais, 33 (0,75%) continham algum dos termos: mulher (es); woman; women; mujer (es); feminino; feminina; feminidade em seus títulos e/ou palavras-chave. Destes, apenas dois são pesquisas sobre mulheres viajantes, representando 0,04% do total de artigos publicados nos periódicos consultados. São trabalhos recentes, publicados nos anos de 2019 e 2020, e com investigações realizadas em mídias socias (Facebook e blog). Os artigos abordam, especialmente, as limitações encontradas na mobilidade das mulheres viajantes, bem como evidenciam a importante contribuição das tecnologias na articulação das mulheres.


Palavras-chave


Turismo; mulheres viajantes; sistematização do conhecimento

Texto completo:

PDF


 Diretórios e Indexadores

 

REVISTA HOSPITALIDADE ISSN 1807-975X    e-ISSN 2179-9164

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia