Comida boa, lugar bonito: a dimensão estética de restaurantes em destinos turísticos

Isabele de Souza Carvalho, Marcelo Chemin, Vander Valduga

Resumo


A gastronomia é componente fundamental na realização de viagens e da experiência em destinos turísticos. Nas últimas décadas, o arranjo estético comum aos espaços e paisagens turísticas pelo mundo, adentrou ao setor de serviços, reconfigurando inúmeros estabelecimentos de alimentação, da fachada ao interior. Nesse contexto, a pesquisa teve como ponto de partida a seguinte questão: em restaurantes, o espaço físico e as condições em relação ao ambiente/localização exercem influência na percepção estética dos turistas? O município de Morretes foi delimitado como área de estudo, pois é destino com projeção nacional em razão da gastronomia, com forte representatividade do setor de alimentação na economia. Com abordagem qualitativa, investigou-se Conteúdo Gerado pelo Usuário (CGU), modalidade comentários, colhidos no TripAdvisor. A extração contou com auxílio da ferramenta de webscraping Import.io. Para a sistematização fez-se uso do software WebQDa. A interpretação se apoiou na Análise de Conteúdo (Bardin, 1977 e 2010). A análise temática de 5.256 comentários, dos 23 restaurantes alvo, permitiu a prospecção de duas categorias, uma para o Restaurante em si (RSP) e outra dedicada ao Entorno. As menções estéticas aparecem em 55% dos comentários, articuladas por uma variedade de 29 elementos constitutivos, entre os anos 2011 e 2020.


Palavras-chave


Gastronomia; Destino turístico; Estética; Restaurantes; Conteúdo gerado pelo usuário (CGU)

Texto completo:

PDF


 Diretórios e Indexadores

 

REVISTA HOSPITALIDADE ISSN 1807-975X    e-ISSN 2179-9164

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia