Redes colaborativas e hospitalidade: sobre a produção de chocolates especiais no sul da Bahia

Marcella Sulis, Maria Henriqueta Sperandio Garcia Gimenes-Minasse

Resumo


Este estudo objetiva analisar o desenvolvimento de rede colaborativa de produtores de chocolates especiais no sul do estado da Bahia sob a perspectiva da hospitalidade. A articulação de atores sociais vinculados à produção de chocolates especiais na região com organizações locais vem se constituindo como uma rede colaborativa. Procurou-se investigar se as interações desenvolvidas neste contexto são alicerçadas nos quatro conceitos da hospitalidade (Camargo, 2015): a relação humana, a virtude, o ritual e a troca. Por meio de um estudo de caso, com observação direta em cinco instituições, realizou-se entrevistas semiestruturadas com 8 representantes de instituições que compõem a rede. Como resultados, destacam-se: aatuação da Rede apoiando novos produtores de chocolates especiais; a presença da  hospitalidade fortalecendo os vínculos da rede, manifestada pela a) virtude, expressa pela ética sustentável na produção de cacau e chocolate fino e na relação respeitosa com o entorno e com as pessoas; b) nas relações humanas pautadas na amizade, apoio e solidariedade; c) no rito por meio das regras de cultivo e produção e pela certificação IP Sul da Bahia d) e na troca de conhecimentos e de matéria-prima. 


Palavras-chave


Chocolate; Cadeia produtiva; Rede colaborativa; Hospitalidade;

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.21714/2179-9164.2020.v17n3.012

 Diretórios e Indexadores

 

REVISTA HOSPITALIDADE ISSN 1807-975X    e-ISSN 2179-9164

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia