AS RELAÇÕES INTERPESSOAIS E A SATISFAÇÃO NO TRABALHO EM SERVIÇOS GASTRONÔMICOS

Filipe Pessoa dos Santos, Maria Eliza Assis dos Passos, Nilma Morcerf de Paula

Resumo


A gestão de pessoas em serviços requer não apenas conhecimentos técnicos, mas também, a compreensão da dinâmica do comportamento humano nas relações de trabalho. O objetivo deste estudo foi identificar as relações interpessoais desenvolvidas no trabalho e o grau de satisfação de profissionais atuantes em serviços gastronômicos. Para isto, foi realizada uma pesquisa com abordagem quali-quantitativa, factual, descritiva e experimental. A amostra, selecionada por conveniência, foi composta por 18 funcionários de cinco restaurantes localizados na cidade do Rio de Janeiro. Os dados foram coletados por de aplicação de questionário, compreendido de 54 questões fechadas e 1 aberta. Os resultados indicaram que os sentimentos de desconfiança e isolamento estão presentes entre os funcionários, bem como os de inveja, raiva, ciúmes e de injustiça, afetando negativamente o ambiente de trabalho. Na relação com chefia imediata os funcionários relataram receberem tratamento cordial, respeitoso e de confiança, contudo, se ressentem por não poderem usar a criatividade e por terem que se limitar a seguir regras. Observaram-se áreas carentes de atenção dentro do ambiente estudado, como relacionamento entre os funcionários, benefícios, remuneração, jornada de trabalho e perspectiva de carreira. A pesquisa, de caráter exploratório, abre caminho para novas discussões sobre a atuação dos profissionais da gastronomia.

Palavras-chave


Gestão de Pessoas; Gastronomia; Relações Interpessoais; Satisfação;

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.21714/2179-9164.2020.v17n2.007

 Diretórios e Indexadores

 

REVISTA HOSPITALIDADE ISSN 1807-975X    e-ISSN 2179-9164

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia