Novas dinâmicas de consumo turístico: o papel da experiência na identidade do turista

Rachel Branco, Adonai Teles

Resumo


Os ares contemporâneos trouxeram muitas transformações em práticas cotidianas de nossa sociedade. Um dos fenômenos afetados por estas mudanças foi o consumo, que passou de mera necessidade de aquisição de bens e serviços a símbolo, ou signo, que remete à identidade do consumidor dentro de seu contexto cultural. No turismo, essa transição é observada quando novas empresas promovem uma ruptura com o modelo de negócios anterior, rompendo também com a forma como se comunicam com seu consumidor, agora chamado de usuário. Um dos exemplos destas rupturas é o Airbnb, serviço de mediação entre anfitriões e hóspedes de todo o mundo por meio de uma plataforma online de hospedagem domiciliar colaborativa. O Airbnb não apenas ostenta números expressivos no mercado em que atua, mas também vem criando uma comunidade de milhares de usuários adeptos de seu produto, gestado no fenômeno mais abrangente da economia compartilhada ou colaborativa. Considerado um rico contexto para a pesquisa acadêmica das práticas de consumo turístico contemporâneas, o Airbnb tem sido o foco de estudo das áreas da administração e da economia em especial, mas acredita-se que outras propriedades deste fenômeno têm sido deixadas de lado, inclusive estudos partindo do próprio turismo. Portanto, o objetivo deste trabalho foi realizar uma revisão sistemática da literatura dos últimos cinco anos a fim escrutinar a produção literária que se investe de apresentar o Airbnb como signo de consumo de um novo turista, sedento por autenticidade, e que pode encontrar na empresa um discurso que dialoga diretamente com sua identidade. Concluímos que a hospedagem nos moldes oferecidos pelo Airbnb representa algo maior que seu valor monetário, apesar de o baixo custo para o hóspede se um item de especial relevância para a escolha pela plataforma. Autenticidade relacionada à hospedagem promove experiências genuínas e únicas num ambiente influenciado pelo discurso da economia do compartilhamento e o uso intensivo das TIC.

Palavras-chave


Comportamento do consumidor; Autenticidade; Experiência; Hospedagem p2p; Airbnb

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.21714/2179-9164.2020.v17n1.006

 Diretórios e Indexadores

 

REVISTA HOSPITALIDADE ISSN 1807-975X    e-ISSN 2179-9164

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia