Acessibilidade em meios de hospedagem: o retrato da rede hoteleira de Barra do Garças-MT

Celso Maciel Meira, Elizabete Sayuri Kushano, Cristina Maria Silva Teixeira, Ana Caroline Mocelin Marchetto

Resumo


Compreende-se como espaço acessível aquele que permite o acolhimento de todas as pessoas, sem distinção e/ou qualquer tipo de restrição. Nesse sentido, esta pesquisa se pautou em realizar uma análise sobre a acessibilidade nos meios de hospedagem, do tipo hotel, cadastrados no Cadastur (Cadastro de Prestadores de Serviços Turísticos do Ministério do Turismo), no município de Barra do Garças (MT). Para alcançar tal escopo, se aplicou técnicas da pesquisa exploratória, com abordagem quantitativa e qualitativa. Outrossim, a fim de consubstanciar a investigação, foram utilizadas recursos da pesquisa bibliográfica com vistas às temáticas: meios de hospedagem, hotelaria, humanização e hospitalidade e suas relações com o objeto de estudo, qual seja, a acessibilidade. Para coleta de dados foram utilizadas técnicas de observação in loco, com a aplicação de um check-list, elaborado com base na Norma Brasil (NBR) nº 9050/2004. Os resultados apurados revelaram que o cenário atual da localidade em análise é desfavorável, por consequência dos indicadores de não hospitalidade no que se refere aos recursos de acessibilidade, que, de forma não incomum, pode reverberar ao acolhimento de hóspedes com deficiência e na imagem do destino.


Palavras-chave


Acessibilidade; Hospitalidade; Hotelaria; Barra do Garças

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.21714/2179-9164.2020.v17n2.003

 Diretórios e Indexadores

 

REVISTA HOSPITALIDADE ISSN 1807-975X    e-ISSN 2179-9164

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia