QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO: ESTUDO DE CASO EM UM HOTEL NA ORLA DE CABO BRANCO - JOÃO PESSOA – PB

Paula Dutra Leão de Menezes, Ana Maria Nery Soares de Mello, Hanna Melissa Pereira Felisberto, Niedja Glória Nogueira

Resumo


A insatisfação e a desmotivação são problemas que afetam trabalhadores independentemente de sua posição na empresa hoteleira. Para lidar com esses problemas torna-se necessário encontrar elementos intrínsecos e extrínsecos ao ambiente de trabalho que afetam diretamente o trabalhador. Para tanto, é fundamental encontrar a origem da insatisfação e medi-la, para que o gestor tome as medidas acertadamente. Este artigo tem como objetivo analisar a percepção dos gestores em relação a Qualidade de Vida no Trabalho (QVT).  Este estudo de caso caracteriza-se por ser do tipo exploratório e qualitativo. O instrumento de coletas de dados foi um questionário fechado. A maioria dos aspectos avaliados apresentaram satisfação dos gestores. Entretanto, no aspecto satisfação sociológico/relacional sobre o quesito liberdade de expressão sem ser prejudicado quando expressa suas opiniões revelou-se insatisfatório, por sua vez, 75% dos gestores entrevistados sentem satisfação em se expressar. Sobre a satisfação psicológica/comportamental, o desenvolvimento pessoal e profissional também revela que os gestores estão insatisfeitos com o incentivo da empresa em termos de oferta de atividades e cursos relacionados a seu trabalho. Por último, registra-se a importância de observar a satisfação e motivação dos gestores considerando que são os líderes da equipe e consequentemente os motivadores dessas.


Palavras-chave


Qualidade de Vida no Trabalho; Hotel; Gestores; Satisfação; João Pessoa.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.21714/2179-9164.2019.v16n3.001

 Diretórios e Indexadores

 

REVISTA HOSPITALIDADE ISSN 1807-975X    e-ISSN 2179-9164

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia