A HOSPITALIDADE E A REVELAÇÃO DA HUMANIDADE. NOTAS EM MARGEM A UM PEQUENO CLÁSSICO

Josemar de Campos Maciel

Resumo


O texto que segue é um ensaio que parte de um livro póstumo de Felix Tomillo Noguero, intitulado “A Hospitalidade na Bíblia e nas grandes religiões”. Ele seguirá de perto o desdobramento das ideias do texto, destacando fontes e enunciando como hipótese o título deste trabalho. O principal resultado deste esforço é uma sistematização de aspectos em que o livro contribui para renovar perspectivas, avançando na configuração de um campo de estudos atravessado pelo imperativo da hospitalidade. Tal campo possui em Noguero um de seus líderes mais destacados, por ser ele um pioneiro dos estudos do turismo. Mas a sua pesquisa aprofunda as discussões para os campos da teologia e da filosofia, entendidas à maneira clássica, e pode contribuir com insights para abrir espaço para um diálogo com as humanidades. O que acena para uma visão compreensiva e atravessada pela interpelação ética e política. A partir da exposição do movimento do texto propõe-se uma hipótese interpretativa, a saber, que Noguero vê a hospitalidade como lugar de encontro do ser humano com Deus (teofania) e consigo mesmo, como espécie perfectível (antropofania). Noutros termos, a experiência da hospitalidade revela a humanidade aos seres humanos, como desafio e como tarefa.


Palavras-chave


Hospitalidade; "Nouvelle Théologie"; Filosofia; Antropologia.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.21714/2179-9164.2019.v16n2.006

 Diretórios e Indexadores

 

REVISTA HOSPITALIDADE ISSN 1807-975X    e-ISSN 2179-9164

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia