Um modelo heurístico para análise da hospitalidade em tempos de hospedagem P2P

Rachel Branco, Adonai Teles

Resumo


Considerada por uns como dom e, por outros, como virtude, vista como ferramenta de negócios ou percebida como prática social, a hospitalidade levanta questões sobre relações humanas que remontam à antiguidade. Dado o contexto de intensas modificações nas relações humanas proporcionadas pelas tecnologias da informação e comunicação (TIC), revisitamos os modelos seminais e nos propusemos apresentar uma releitura deles. Explicitamos a importância das TIC no modo como a hospitalidade se manifesta no renovado ambiente de negócios dos meios de hospedagem, depois do advento das plataformas de hospedagem P2P (peer to peer ou pessoa a pessoa) a fim de propor um novo modelo. A virtualidade, típica da hospedagem P2P, era incipiente quando os modelos seminais foram propostos. Propusemos, então, uma nova ferramenta de análise para a hospitalidade abarcando as relações virtuais contemporâneas. O resultado foi um modelo heurístico que, esperamos, seja adotado, criticado e aperfeiçoado pela comunidade científica dedicada aos estudos de hospitalidade.


Palavras-chave


Hospedagem p2p; Hospitalidade; Hotelaria; Modelo heurístico; Tecnologia da informação e comunicação

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.21714/2179-9164.2019.v16n2.005

 Diretórios e Indexadores

 

REVISTA HOSPITALIDADE ISSN 1807-975X    e-ISSN 2179-9164

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia