A hospitalidade como diferencial competitivo sob a percepção dos gestores hospitalares: um estudo de caso comparativo

Greice Lithiele klug da cruz

Resumo


A hospitalidade está ganhando cada vez mais espaço nas instituições que se preocupam com o bem-estar e a satisfação de seus clientes. Este artigo se propõe a contribuir com subsídios para a reflexão sobre a hospitalidade em ambientes hospitalares como fator estratégico, através da busca de documentos científicos e da percepção de gestores hospitalares do Vale do Sinos – RS. Trata-se de um estudo exploratório, descritivo e qualitativo realizado mediante um estudo de caso múltiplo, com aplicação de questionário com questões abertas desenvolvido a partir dos 10 componentes do Planetree. Os hospitais foram selecionados por conveniência e disponibilidade. Adotou-se para a categorização dos resultados, compreender o conceito de hospitalidade por parte dos hospitais, bem como verificar a incidência dos 10 componentes do Planetree, pois estes representam as principais dimensões da hospitalidade. Através da análise dos dados, observa-se que, como um diferencial competitivo, os hospitais ainda não possuem um serviço de hotelaria hospitalar de eficiência. Essas características apresentam-se de forma tímida. A hotelaria hospitalar ainda está em crescimento na maioria dos hospitais, pois é um assunto bastante novo, dessa forma, necessita de maiores reconhecimentos da sua importância dentro das instituições de saúde e do seu impacto positivo proporcionado aos pacientes.


Palavras-chave


hospitalidade; hotelaria hospitalar; diferencial competitivo.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.21714/2179-9164.2019.v16n1.006

 Diretórios e Indexadores

 

REVISTA HOSPITALIDADE ISSN 1807-975X    e-ISSN 2179-9164

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia