CULINÁRIA OURO-PRETANA ENQUANTO BEM CULTURAL: DISCUSSÃO DE SUA VALORIZAÇÃO POR MEIO DO PODER PÚBLICO PARA A ATIVIDADE TURISTICA

Hayla Almeida Fortes, Alissandra Nazareth de Carvalho

Resumo


O turismo é uma importante atividade econômica do município de Ouro Preto, Minas Gerais. A cidade é indutora de turistas do Brasil e do mundo e tem relevância histórica e cultural. Apesar da vocação para o turismo cultural, levantou-se o pressuposto de que a gastronomia ouro-pretana não é valorizada como patrimônio cultural e atrativo turístico, por Instituições Públicas que promovem a cidade enquanto destino. Esse pressuposto partiu do fato de não existir um evento que priorize produtores e os hábitos alimentares locais, e a partir da análise do conteúdo dos sites das Instituições. O objetivo da presente pesquisa, portanto, é identificar quais são os possíveis gargalos de planejamento no que tange o fomento ao turismo que priorize a alimentação e a cultura e aquecer a discussão sobre uma atividade turística que valorize a gastronomia local na cidade. Com essa finalidade, foi utilizado levantamento bibliográfico, análise do conteúdo do marketing digital e entrevistas semiestruturas. Concluiu-se que a gestão estadual de Minas Gerais, conseguiu consolidar o hábito alimentar mineiro no imaginário do brasileiro, todavia, as políticas públicas e o planejamento de metas para a valorização e preservação da gastronomia ouro-pretana são recentes em Ouro Preto, podendo ser melhor exploradas.


Palavras-chave


Culinária mineira; Ouro Preto; Valorização cultural; Turismo gastronômico; Poder Público.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.21714/2179-%209164.2019.v16n1.004

 Diretórios e Indexadores

 

REVISTA HOSPITALIDADE ISSN 1807-975X    e-ISSN 2179-9164

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia