HOSPITALIDADE E A PRODUÇÃO CIENTÍFICA EM LÍNGUA INGLESA SOBRE GUIAS DE VIAGEM

Ana Paula de Camargo FERNANDES, Diego Ribeiro SANTOS, Mirian REJOWSKI

Resumo


Guias de viagem são utilizados pelos turistas antes e durante as viagens e até mesmo depois como recordação, constituindo-se em veículos de comunicação sobre os destinos turísticos na visão de seus produtores que projetam uma pseudocomunicação entre o visitante potencial e os que o receberão. Essa pesquisa exploratório-descritiva de caráter documental tem como objetivo investigar a produção científica sobre o tema guias de viagem em inglês, a fim de identificar suas interfaces com a hospitalidade, para isto foram realizadas consultas ao banco de dados Scopus a partir do termo “guidebook” que resultou em um conjunto de 54 artigos científicos produzidos entre 1996 e 2015, cujos aspectos editoriais e de conteúdo foram registrados e posteriormente tratados por meio da análise de conteúdo. Constatou-se o ápice dessa produção em 2012 e 2013. A partir dos títulos, resumos e palavras-chave dos artigos foram identificados temas e subtemas, agrupados inicialmente em temáticas e posteriormente em três categorias: comunicação turística, demanda turística e oferta turística. A categoria de maior destaque, comunicação turística, reuniu 26 artigos. Refletiu-se sobre a interdependência das categorias em suas interfaces com a hospitalidade no estudo dos guias de viagem e sua contribuição para uma nova configuração teórica do campo do turismo.

Palavras-chave


Hospitalidade; Turismo; Guia de viagem; Produção científica; Categorias de análise.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.21714/2179-9164.2017v14n2.772

 Diretórios e Indexadores

 

REVISTA HOSPITALIDADE ISSN 1807-975X    e-ISSN 2179-9164

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia