“ALÔ, É DO COPA”? O TELEFONE E A HISTÓRIA DA HOTELARIA CARIOCA

Mariana de Sousa Barbosa da SILVA, Ana Paula Garcia SPOLON

Resumo


O presente estudo dedica-se ao registro da história da hotelaria, em específico da hotelaria de luxo do Rio de Janeiro, a partir da perspectiva da história social. Para tanto, adota como objeto empírico o departamento de telefonia em um dos mais importantes hotéis de luxo da capital fluminense, registrando a forma, função e estrutura do departamento e sua evolução desde o início do século XX, quando a hotelaria carioca se modernizou, até o início do século XXI, quando, com o desenvolvimento da tecnologia da comunicação, passou-se a registrar profundas alterações nos processos que envolvem o atendimento telefônico, na hotelaria. O estudo destaca ainda as novas características dos departamentos de atendimento remoto na hotelaria de luxo carioca. Partindo de um levantamento sobre a história da hotelaria do Rio de Janeiro e do próprio telefone, o estudo realiza também um registro sobre o desenvolvimento hoteleiro de luxo na cidade e mostra que o Belmond Copacabana Palace, em seus mais de 90 anos de existência, foi capaz de manter-se atualizado e de constituir um sistema extremamente eficaz para atendimento remoto, que está baseado na inovação, mas não desconsidera características tradicionais dos departamentos de telefonia de antigamente, o que garante qualidade e personalização no serviço prestado aos clientes internos e externos.


Palavras-chave


História da hotelaria; Hotelaria de luxo; Telefonia; Serviços hoteleiros; Copacabana Palace.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.21714/2179-9164.2017v14n2.770

 Diretórios e Indexadores

 

REVISTA HOSPITALIDADE ISSN 1807-975X    e-ISSN 2179-9164

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia