RELAÇÃO ENTRE SUJEITO, TURISMO E TRABALHO: JARDIM BOTÂNICO DE PORTO ALEGRE

Denise de SOUZA, Susana de Araújo GASTAL, Luciene Jung CAMPOS

Resumo


O artigo embasou suas análises na relação Turismo e Trabalho no espaço do Jardim Botânico de Porto Alegre, local de possibilidade turística. As análises foram realizadas a partir do Dispositivo Teórico Analítico da Análise do Discurso Francesa, utilizando também conceitos da abordagem teórica da Psicodinâmica do Trabalho. O objetivo foi analisar os sentidos na relação do trabalhador com o visitante no jardim. Foi possível, a partir das análises, evidenciar a contradição entre a imagem de Parque para alguns trabalhadores e visitantes, e a imagem de espaço de preservação para outros. Através das falas dos jardineiros descrevendo situações de seu trabalho e o contato com o visitante, evidencia-se a preparação para o recebimento do outro e os aspectos da hospitalidade na relação do trabalhador com o visitante. 


Palavras-chave


Turismo; Trabalho; Jardins Botânicos; Análise do Discurso

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.21714/2179-9164.2017v14n2.766

 Diretórios e Indexadores

 

REVISTA HOSPITALIDADE ISSN 1807-975X    e-ISSN 2179-9164

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia