A Ludicidade Assentida — Algumas Reflexões Sobre a Importância do Brinco, Logo Existo na Vida Escolar

Cleomar Ferreira Gomes

Resumo


O texto que ora se apresenta, se orienta pelas lentes da ludicidade na tentativa de enxergá-la como um fenômeno da corporeidade, como acentua o etologista austríaco Konrad Lorenz, ou como uma linguagem cada vez mais presente nos espaços de produção dos serviços, das informações, e das comunicações, como faz a publicidade. Em todos os estágios de desenvolvimento humano ao longo de sua história, e mais fortemente nos espaços de escolarização de crianças pequenas, a ludicidade, pela via de jogos e brincadeiras tem sempre um lugar de destaque. A opção de privilegiaros eventos corporais lúdicos, assinala as marcasqueo corpoexperimenta, endereçadas ao ensino dessas linguagens que se traduzam num design demovimentos,coreografias, musicalização e modelagens corporais, que por tradição se constituiu um estorvo ao trabalho “excessivamente” intelectivo da escola. Os dados desse ensaio revelam-nos uma ludicidade interpretada, assentida e administrada como arrimo aos ritos do trabalho escolar que mais frequentemente as instituição de ensino tentam se impregnar. 


Palavras-chave


Ludicidade. Desenvolvimento Humano. Escolarização

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.21714/1807-975X.2016v13nEp0111a

 Diretórios e Indexadores

 

REVISTA HOSPITALIDADE ISSN 1807-975X    e-ISSN 2179-9164

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia