“Primórdios de Canela”: o engendramento do discurso fundador de um destino turístico

Paula Carina Mayer da Silva, Luciene Jung de Campos

Resumo


Esse estudo aborda o surgimento do Turismo no município de Canela, Rio Grande do Sul, através da análise discursiva da obra memorialística de Roger Stoltz (1992). O dispositivo teórico-analítico e metodológico é o da Análise do Discurso francesa pecheutiana. Na articulação da análise, propomos um diálogo entre os conceitos de ideologia e cultura para apresentar a noção de discurso fundador de um destino turístico. Os resultados mostram que o turismo é construído no referido município pela valorização do clima e da paisagem, sendo alavancado num segundo momento pela chegada do trem e pela implantação das primeiras madeireiras que levam à construção de hotéis. Essas condições instauram uma nova ordem de sentidos, que criam uma nova tradição, funcionando como referência básica no imaginário constitutivo do município, no enlace da cultura com a ideologia capitalista.


Palavras-chave


Destino Turístico. Ideologia. Cultura. Análise do Discurso. Discurso Fundador.

Texto completo:

PDF


 Diretórios e Indexadores

 

REVISTA HOSPITALIDADE ISSN 1807-975X    e-ISSN 2179-9164

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia