A produção científica do Mestrado em Hospitalidade

Sênia Regina Bastos

Resumo



O estudo da produção científica discente do Mestrado em Hospitalidade tem como corpus central as 132 dissertações defendidas na Universidade Anhembi Morumbi, durante o período 2002 a 2008. A metodologia da pesquisa pautou-se pela abordagem do conteúdo disponível no currículo lattes dos discentes, buscando-se precisar a área de formação na graduação/IES e a identificar a realização de cursos de pós graduação/IES. Acrescentam-se os dados referenciais das dissertações, sistematizados em um banco de dados (Access - especialmente criado para a realização do estudo), de forma a contemplar: o título, o resumo, o ano de conclusão, o nome do orientador, o nome do autor e até 5 palavras-chave. Empreendeuse uma classificação inicial observando-se os eixos temáticos previstos no escopo do programa submetido à Capes em 2001 (hospitalidade, turismo, restauração, meios de hospedagem e entretenimento); recorreu-se então a ampliação dos eixos temáticos a partir da freqüência das palavras-chaves (hospitalidade, ensino, religião, turismo, meios de hospedagem, hotelaria hospitalar), bem como a revisão das categorias entretenimento (desmembrado em eventos e lazer) e restauração (restaurante e gastronomia). O estudo revela que a Hospitalidade contempla análises da prática profissional em diversos campos de atuação. Concentrados, sobretudo na região sudeste, local de residência e atuação profissional de grande parte dos alunos, esse dado aponta as dificuldades de financiamento da pesquisa em Hospitalidade no Brasil.

Palavras-chave


Produção científica; Hospitalidade; Dissertações;

Texto completo:

PDF


 Diretórios e Indexadores

 

REVISTA HOSPITALIDADE ISSN 1807-975X    e-ISSN 2179-9164

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia