Festa de casamento e Hospitalidade: Permanências e Mudanças

Nieble,$space}Bruna DelChiaro (brunanieble@gmail.com)
Hospitalidade, Universidade Anhembi Morumbi
agosto, 2010
 

Resumo

O objetivo do presente trabalho é refletir sobre o significado e as transformações nas formas de receber em festas de casamento, ao longo das décadas de 1960 e na atualidade em que as recepções em casa, cederam lugar a recepções em buffets e espaços especializados, sem perder, contudo, o caráter de recepção em família. Assim procurou-se estudar as permanências e mudanças no caráter da recepção, como forma de congraçamento entre famílias e convidados que se expressa como ritual de passagem na formação de um novo núcleo familiar. Nesse contexto, a alimentação aparece como parte importante da comemoração e se apresenta como um elemento fundamental na recepção, que se apresenta como uma forma de sedimentar novas e antigas relações renovadas no momento da nova união, fazendo da comensalidade, mesmo diante das mudanças na alimentação nos últimos tempos, expressão de parte significativa da sociabilidade entre famílias e convidados. A pesquisa consistiu num primeiro momento, num levantamento bibliográfico sobre o tema, que considerou as principais mudanças no caráter dessa festa no âmbito familiar, e serviu de fundamento ao referencial teórico, assim como, consistiu, num segundo momento, numa pesquisa de caráter qualitativo, com a realização de entrevistas com pessoas que se casaram e realizaram uma festa, no período estudado. A década de 1960 foi considerada como um marco de mudanças significativas em diversos aspectos da vida social e familiar, que, do ponto de vista da recepção de casamento, se expressam nas diferenças na maneira de receber, alimentar e entreter convidados ao longo do tempo. O estudo, de natureza qualitativa objetiva evidenciar as persistências e mudanças mais significativas que simbolizam esse rito de passagem à luz da teoria da hospitalidade que pode iluminar aspectos importantes da sociabilidade entre anfitriões e convidados e as formas de recepções em festas de casamento. Os resultados apontam para uma mudança em certos aspectos importantes da recepção, organização e profissionalização da festa e da recepção, observando-se, contudo, que o significado de confraternização entre famílias, anfitriões e convidados, se mantém como parte do ritual da festa de casamento.


Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia