Hospitalidade e lugar de memória árabe na São Paulo/SP do século XXI, 2013

Abdalla,$space}Alfredo Ricardo (a.ricardoab@uol.com.br)
Hospitalidade, Universidade Anhembi Morumbi
março, 2013
 

Resumo

O tema condutor da presente dissertação reside na análise do Centro Velho de São Paulo como lugar de memória árabe e investiga a hospitalidade ali praticada. Apresenta como objetivos específicos: identificar os logradouros públicos que permanecem com toponímia árabe; fotografar os estabelecimentos que vendem comidas típicas e produtos da culinária árabe e entrevistar os proprietários sobre seu empreendimento, frequentadores usuais e suas influências na sociedade de acolhimento. Pesquisa de natureza qualitativa, fundamentada no método etnográfico, apoia-se no estudo descritivo e exploratório, por meio da observação participante. Para os árabes, pertencentes à colônia, esta região é considerada como certa na compra de produtos alimentícios árabes e lugar do começo de uma nova empreitada, uma tentativa de melhora de vida que vingou tanto aqui, no país acolhedor, quanto em seu território de origem. Constata-se o número reduzido de estabelecimentos de restauração árabe na região, que preserva a toponímia árabe e constitui importante referência desse povo na cidade.


Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia