São Paulo dá samba uma visão da hospitalidade paulistana por meio do olhar de Adoniran Barbosa

Santos,$space}Lúcia Oliveira da Silveira
Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão, Universidade Anhembi Morumbi
outubro, 2009
Texto completo (portal externo)
 

Resumo

Esta pesquisa faz uma análise da hospitalidade paulistana, entre as décadas de 1930 e 1980, por meio do estudo das letras das musicas de Adoniran Barbosa, consideradas como relato auto-biográfico representativo de um segmento especifico da população urbana da cidade de São Paulo no período. Com o objetivo de estudar como a hospitalidade era percebida, procura ressaltar na obra do artista os elementos indicativos dessa hospitalidade, relacionando os textos com dados biográficos do autor. As categorias teóricas utilizadas: acessibilidade, legibilidade e identidade baseiam-se nos estudos de Grinover, 2006. Os resultados são apresentados em duas partes: a primeira sistematiza o referencial teórico sobre hospitalidade e urbanização identificando as categorias de análise, e a segunda em que se relacionam as categorias com as fontes, no caso as biografias do compositor e as letras de suas músicas. O estudo foi realizado por meio de pesquisa exploratória em fontes bibliográficas, biográficas, fonográficas e documentais, incluindo ainda a realização de entrevistas. Os resultados obtidos foram agrupados em categorias representativas da hospitalidade urbana, entre elas o acesso à educação, à moradia, à alimentação, as modificações trabalhistas, as demolições advindas do progresso, a resignação de um povo diante das adversidades, a miscigenação, a incorporação de hábitos americanos na cultura, a vida boêmia e a invisibilidade social. Os elementos da obra foram analisados como sendo indicativos da hospitalidade paulistana,
hipoteticamente escondidos nas sutilezas boêmias da cidade.


Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia