Hospitalidade e convivialidade: Documentos particulares de uma família suíça no interior paulista (1945–1950)

BANNWART,$space}Cristina Figueiredo
Programa de Mestrado Em Hospitalidade, Diretoria de Pesquisa e Extensão, Universidade Anhembi Morumbi
julho, 2007
 
Mestre em Hospitalidade pela Universidade Anhembi Morumbi (2007), graduação em Turismo pela Faculdade Anhembi Morumbi (1991). Atuação como docente universitária durante 7 anos, no curso turismo, com ênfase em Hotelaria. Experiência prática em hotel cinco estrelas na hotelaria suíça, principalmente no setor da recepção durante 4 anos.

CV Lattes: http://lattes.cnpq.br/0907882077062457
 

Resumo

A pesquisa contempla o estudo das relações de convivialidade e hospitalidade no ambiente doméstico em uma fazenda de café no interior de São Paulo, de 1945 a 1950. As fontes de pesquisa reúnem documentos familiares como fotografias, cartas e menus do período em questão pautados pelo referencial teórico da hospitalidade e do cotidiano. Tendo como principal fonte 107 cartas escritas por uma mulher estrangeira, proveniente da aristocracia holandesa, que em 1931, casou-se com um filho de imigrante suíço, transferindo-se para o Brasil seis anos depois. Apesar da riqueza do conteúdo da escrita epistolar, foram realizadas entrevistas com o intuito de enriquecer o universo estudado, bem como compreender as relações sociais que se estabeleceram entre os principais protagonistas da correspondência. As fontes de pesquisa foram submetidas à categorização, na qual os diversos elementos encontrados foram sistematicamente agrupados por diferentes assuntos e, finalmente, com o material classificado e categorizado, pôde-se chegar à análise de seu conteúdo. Tratando-se de ambiente doméstico procura-se, por meio da pesquisa, identificar os múltiplos papéis desenvolvidos por esta mulher no ambiente familiar como esposa, mãe, dona de casa, além das suas funções sociais perante os funcionários da Fazenda, com a realização de festas de final de colheita, casamentos e primeiras comunhões. Desempenhava o papel de anfitriã zelosa e requintada. Era uma mulher que gostava de receber visitas desde que fizessem parte do círculo de relacionamento valorizado pela família.


Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia